Estética Bucal

Saúde bucal na gestação: conheça 5 cuidados

A gravidez é um momento lindo na vida da mulher, porém, também bastante delicado. É uma fase em que o corpo passa por diversas mudanças para poder se adaptar a formação desse novo ser. 

No meio desse turbilhão, não é incomum que a saúde bucal da gestante acabe sendo afetada. O que pode ser algo extremamente negativo para o bebê, uma vez que doenças bucais podem interferir diretamente no bom andamento de uma gestação. 

Sendo assim, confira agora 5 cuidados que toda mulher grávida deve ter em relação a sua saúde bucal na gestação.

1. Faça um pré-natal odontológico

A Revista Paulista de Pediatria compilou uma pesquisa que demonstra que há uma relação entre o nascimento prematuro de bebês com gestantes que tiveram doenças bucais durante a gestação.

Desse modo, é muito importante realizar um acompanhamento odontológico especializado durante essa fase tão importante, para garantir que o seu bebê não está correndo nenhum risco. 

A melhor opção é fazer um check up geral e resolver qualquer possível foco de problema bucal, se existir, antes de engravidar. Isso porque, além do bebê correr menos risco, também é mais confortável para a gestante que, conforme a barriga for crescendo, vai se sentir cada vez menos confortável na cadeira do dentista.

2. Pratique a escovação e passe o fio dental

Uma das características da gravidez é a presença de enjoos frequentes. Tal acontecimento acaba deixando resíduos ácidos na boca, que se não forem devidamente higienizados podem causar uma erosão nos dentes e facilitar o surgimento de cáries. 

Outro ponto negativo são as alterações hormonais, que tem um impacto direto nas gengivas, facilitando o aparecimento da gengivite.

Já sabendo que doenças bucais podem causar complicações na gestação, é muito importante manter uma rotina saudável de higienização bucal. Logo, não descuide da escovação e também do fio dental

3. Tome cuidado com o raio-x

A radiação dos raios-X podem causar danos à formação do bebê, quando a gestante se expõe a esse tipo de elemento ainda nos 3 primeiros meses de gestação. Nesse período é proibido para a mulher grávida realizar esse tipo de exame, salvo apenas em pouquíssimas exceções. 

Depois do primeiro trimestre isso já é permitido, porém, apenas com o uso de aventais de chumbo especializados, para evitar que a radiação emitida alcance o bebê.

4. Beba bastante água

A boca seca durante a gravidez, seja motivada por qualquer razão, é algo perigoso para a saúde bucal da gestante, porque favorece o surgimento de cáries. 

Logo, beba água em abundância para se permanecer hidratada durante todo o dia e, se for necessário, mastigue chiclete sem açúcar para poder estimular a produção de saliva.

5. Fique atenta ao seu enxaguante bucal

O uso do enxaguante bucal, embora não seja obrigatório para a manutenção da saúde bucal, pode servir como um acessório a limpeza da sua boca. Sendo assim, se escolher utilizá-lo, dê preferência aos sem álcool e que não sejam de sabores fortes, porque isso pode favorecer os enjoos. 

Gostou de conhecer algumas dicas sobre a saúde bucal na gestação? Então, curta a nossa página do Facebook! Assim, você fica por dentro de todo os nossos próximos conteúdos.

Sobre o autor

Terceira Dentição

Deixar comentário.

Share This