Estética Bucal

O que você precisa saber sobre implante dentário

Perder um dente é uma situação delicada, que mexe bastante com a autoestima das pessoas. Mas não se trata apenas de uma questão estética. A falta de um ou mais dentes pode comprometer a mastigação, os movimentos da boca e até favorecer o surgimento de outros problemas. Felizmente, é possível fazer um implante dentário e voltar a sorrir e com saúde.

Se você perdeu um dente ou mais e está em dúvidas sobre a realização de um implante, entenda o procedimento e saiba se essa é a melhor opção para o seu caso.

O que é um implante dentário?

Trata-se de um dos procedimentos mais procurados nos consultórios odontológicos em todo o mundo. O implante dentário é um parafuso ou um pino de titânio colocado na cavidade onde ficava a raiz do dente extraído ou quebrado. Nessa base que substituiu a sua raiz, é encaixada uma prótese, bastante semelhante ao dente original.

O procedimento varia de um paciente para outro. Por isso, antes é feito um estudo da situação do dente a ser substituído e da estrutura de toda a boca. Só depois dessa avaliação o cirurgião fará o implante. Geralmente o processo demora de 3 a 6 meses entre a colocação do pino e a instalação do dente artificial.

Quando é recomendado fazer?

É fundamental fazer uma avaliação antes de optar pelo implante dentário, pois apesar de ser a melhor opção para substituir  o dente perdido, necessita de uma avaliação profissional. Ele geralmente é procurado por pessoas com perda parcial ou total de um dente, seja por traumas ou doenças na raiz. Dentes fragilizados também podem ser substituídos.

No entanto, alguns problemas de saúde e condições pré-existentes podem inviabilizar a colocação de um implante. Assim, eles não são indicados para pessoas com casos não controlados de diabetes e hipertensão, pacientes de doenças ósseas ou com cicatrização dificultada e fumantes inveterados (quem fuma cerca de 20 cigarros por dia ou mais), caso estejam controlados poderão fazer os implantes.

Só o dentista poderá avaliar a possibilidade de fazer um implante, de acordo com as condições físicas do paciente e do estado da boca e da estrutura dentária.

Como é o procedimento?

Apesar de ser um procedimento cirúrgico, a colocação de um implante é bem simples. O paciente não precisa ficar internado e recebe apenas uma anestesia local. A cirurgia é rápida e indolor. No entanto, é necessário seguir todos os passos do pós-operatório e tomar os antibióticos e anti-inflamatórios prescritos pelo cirurgião.

Existem diversas técnicas de implantes, e só a avaliação do dentista poderá determinar qual é a mais recomendada para cada caso. Em geral, eles são feitos em duas fases: a cirúrgica (colocação do pino) e a protética (colocação da prótese). O tempo de espera entre elas vai depender da qualidade óssea e recuperação do paciente.

Também podem ser agregados outros procedimentos, como a terapia com laser, que acelera a cicatrização, além de clareamentos e facetas dos demais dentes etc. O preço do procedimento varia conforme o profissional, a situação do dente retirado a necessidade de enxerto e a saúde do paciente como um todo.

De qualquer modo, o implante dentário é uma forma segura de melhorar a aparência e a saúde bucal. O procedimento está ficando cada vez mais acessível, devolvendo a autoestima a diversas pessoas.

Mudar o sorriso é um grande passo para melhorar o visual. Se você está pensando em fazer um implante ou tem dúvidas sobre o procedimento, entre em contato conosco! Acessando nosso site, terceiradenticao.com.br ou ligue e marque uma consulta Tel.: 2621-6340

Sobre o autor

Terceira Dentição

Deixar comentário.

Share This